Amigos:

2 de mai de 2013

Post de Apresentação


Como já foi dito no final do último post, o blog tem uma nova colaboradora. Eu, Marília, quero compartilhar minha luta diária, uma luta que sei que não é só minha e, principalmente, uma luta que não estou sozinha a batalhar. 

Bem, tenho 18 anos e há quase 3 fui diagnosticada com Transtorno de Personalidade Borderline. Uso uma combinação de medicações e faço terapia duas vezes na semana, mas ultimamente tenho desanimado até de levantar da cama, quanto mais ir à terapia. Hoje estou em constante oscilação de humor e comportamentos autodestrutivos. Em praticamente 3 anos de tratamento, posso dizer que melhorei 1%, e os 99% restantes estão me matando aos poucos. 

Espero que eu consiga postar sempre por aqui, vai ser uma forma de terapia que nunca tentei e espero, claro, ajudar outras pessoas como eu. Afinal, o conceito de "normal" é muito chato, prefiro ser considerada ESPECIAL.

3 comentários:

  1. Bem vinda Marília! Sucesso aqui e na vida.
    Bjs, Lavi.
    acidia28.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Marília
    Seja bem vinda. Espero sempre trazer palavras de ânimo para vc, assim como trazia para Eilan. Eu também não gosto de quando dizem que não somos normais, somos normais sim, apenas temos um transtorno na mente.
    Bjos. e #tamo junto!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ser normal é ser aquilo que se espera que a gente seja? E quem determinou que isso de se ser o que se quer que a gente seja, é o "adequado"?

    Ser normal é mesmo chato.
    Bem vinda.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.