Amigos:

13 de nov de 2013

Do pensamento e da ação




Quem nunca pensou fazer algo que honestamente não faria?
Pular de bungee jump quando tem medo de altura..
Atravessar um rio quando não sabe nadar...
Amar sem ser amado....
Opa!
Amar sem ser amado?
Sim... Amar sem ser amado é uma escola que poucos de nós faríamos conscientemente...
Mas inconscientemente uma vez ou outra escolhemos por amar sozinhos...

Mas amar sozinho não quer dizer que a outra pessoa não queira amar.... algumas vezes é simplesmente uma impossibilidade diante de coisas simples... O mapa que não contribui... ou a família que enche o saco... ou a inviabilidade de comunicação... ou a dificuldade de expor sentimentos... ou em outros casos a simples imaturidade dos sentimentos e do entendimento do próprio eu....

Agora... se tudo fica difícil quando se está sozinho, pq temos tamanha dificuldade em partilhar?

A verdade é que a cultura pedagógica e psicológica da constituição da nova família tem moldado homens e mulheres cangurus... Sim cangurus.... pq cangurus tem dificuldade de romper os laços com a família e estruturar vínculos com o parceiro... e... por mais complexa que seja a relação no ambiente familiar não é raro que os membros da geração canguru tenham um receio tão grande de repetir erros que se sintam paralisados diante das opções...

Conversando com uma amiga psicóloga tocamos no assunto e, bem, isso é algo pra se pensar.... pq somos tomados por um terror tão grande qdo a situação pede uma definição?
Pq o medo de sermos frustrados nos impede de tentar???
Pq nos permitimos ser soterrados debaixo de tanto medo de errar?
A verdade queridos... é que não existe verdade absoluta nem neste caso nem em caso nenhum...
A verdade queridos... é que a coerência entre o pensamento e a ação é a real escolha...

Que saibamos escolher entre o medo de errar e a coragem de dar-se ao risco....
Boa sorte em suas escolhas enquanto tento descobrir qual será a minha....

5 comentários:

  1. Tô descobrindo as minhas também...

    Lindo!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post! Profundo e uma delícia de ler! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho amado sozinha, conscientemente e 'teimosamente' há um ano. Sim, eu insisto em pensar que as coisas vão mudar e que vou amar em companhia...

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.