Amigos:

22 de fev de 2014

Abuso de Substâncias (dependência química)




Abuso de substâncias significa mais que usar drogas ou álcool regularmente. Duas características que definem esse ato são a dependência a uma substância e a inabilidade de parar de usá-la, apesar das consequências negativas associadas a ela.

Mais de 23 milhões de americanos lutam com o vício de drogas ou álcool, muitas vezes colocando suas vidas em risco. Dependentes podem se engajar em comportamentos arriscados, roubar dinheiro para comprar mais drogas/álcool ou mesmo ter problemas com a justiça.

Os sintomas físicos do abuso de substâncias são:

- Perda ou ganho de peso repentino
- Mudança no padrão de sono
- Olhos injetados
- Negligência consigo mesmo
- Fala arrastada ou coordenação afetada.
- Tremores.

O abuso de substâncias pode levar ao vício. Viciados em drogas e álcool acabam por aumentar sua tolerância à estas substâncias, e também perda total de controle do uso destas. experienciarão a síndrome de abstinência ao parar.

Tratamento

Você pode achar que não há esperança para que consiga parar com sua dependência, mas existe como aprender-se a parar de contar com substâncias para se lidar com o dia-a-dia e viver sim uma vida mais saudável.

Uma internação pode ajudar você a reunir as forças que você precisa para acabar com tal comportamento. Tratamentos usados também involvem terapia individual e de grupo, como também terapias especializadas. 

As pessoas geralmente começam a usar drogas ou álcool para mascarar ou lidar com sintomas de outro transtorno, como o Transtorno do Estresse Pós-traumático, depressão, transtornos de ansiedade e o TPB.

Se você está sofrendo com isso, buscar ajuda é o primeiro passo para conseguir a recuperação.

(tradução livre daqui)


********************************************************************


Recebo um monte de e-mails de gente que é usuária. Têm que procurar ajuda. Vocês sabem que não leva a nada, que piora. Eu mesma sei que tenho que diminuir a bebida. O abuso de substâncias é uma comorbidade comum entre nós borders e temos que estar alertas a isso!

Me dei conta que quase não falei de drogas aqui, pois não é algo comum no meu dia-a-dia... Estou corrigindo isso.

Vamos tentar fazer uma vida que valha a pena ser vivida? 

5 comentários:

  1. Muito bom abordar esse fator da dependencia quimica . Tenho um primo que é mentiroso patologico e dependente quimico , ele não consegue assumir que é . Acaba levando as pessoas no bico e conseguindo o que quer .
    Minha tia está numa luta desde 2012 pra interna-lo :s
    ele finge melhorar e começa tudo dnv , é desesperador . enfim ~~ Beijos e boa noite !

    ResponderExcluir
  2. Muito bom abordar esse fator da dependencia quimica . Tenho um primo que é mentiroso patologico e dependente quimico , ele não consegue assumir que é . Acaba levando as pessoas no bico e conseguindo o que quer .
    Minha tia está numa luta desde 2012 pra interna-lo :s
    ele finge melhorar e começa tudo dnv , é desesperador . enfim ~~ Beijos e boa noite !

    ResponderExcluir
  3. Esse é um assunto muito importante, perdi meu avô para o alcoolismo e eu mesma comecei a ficar dependente do famoso clonazepam (mas percebi a tempo). Fiquei tocada com o comentário da Thaís, pois eu sofri de mentira patológica até os 18 anos... sei o quanto isso é ruim para todo mundo... eu consegui me curar, mas fico pensando em quem não consegue como meu avô que morreu, é um sofrimento muito grande... muito bom você abordar a questão de dependência química.

    ResponderExcluir
  4. Oii Elian ! Estou passando pra dizer que sou seguidora acidua do blog ! Quero te dar os parabens.. Suas postagens me ajudaram muito, foi atraves delas que me identifiquei muito com o transtorno e algumas semanas depois fui diagnosticada com TPB.. Obrigada pela ajuda, mesmo que indireta ! Qualquer coisa, estarei aqui ! Beijos

    ResponderExcluir
  5. Sei que não tenho nada a ver com sua vida, mas acho que você deve pensar se vale a pena investir nesse relacionamento. Deve até levar essa discussão para sua terapia. Digo isso pois meu companheiro é dependente químico e posso te afirmar que não é nada fácil. É claro que você pode me questionar: se você consegue, porque eu não conseguiria? Mas não é isso. Quando a gente ama não quer nem saber, mesmo que a pessoa pise feio na bola a gente acaba perdoando e querendo salvar a pessoa de qualquer jeito. Mas você está no começo e ainda tem escolha. Quando comecei a me relacionar com ele e descobri a sua dependência química também não sabia muito do assunto, só o que todo mundo sabe. A gente acaba só se interessando mesmo pelo assunto quando isso nos afeta diretamente. Eu só fui ler sobre o assunto depois de sofrer com várias recaídas, mentiras, sumiços, perdas, brigas e prejuízos (emocionais e financeiros também). Não quero te assustar. Hoje sou feliz com ele, o amo muito, apesar dele estar a apenas pouco mais de 1 mês limpo. Hoje estamos bem, mas nunca se sabe quanto essa paz vai durar. Sempre torço para ser eterna, me repugna a ideia da recaída. Embora já tenha presenciado tantas, nunca me acostumo com isso, pelo contrário. É impossível, é doloroso demais. Ainda mais que o vício dele é em crack. Mas o seu ficante tem um ponto positivo: está em tratamento e com um bom tempo limpo. Quer dizer, foi ele que te contou isso? Não é por mal, mas os dependentes químicos tendem a mentir ou omitir algumas informações sobre eles. Principalmente no princípio de um relacionamento. Meu namorado mesmo quando me contou disse que nem precisava ter contado porque isso fazia parte só do seu passado. Disse que já estava limpo a muito tempo, que tinha se internado. Depois fui saber que não fazia tanto tempo assim e que ele saiu da internação sem concluir o tratamento... Dentre muitas outras coisas desse tipo que só fui descobrindo com o tempo. Então é isso, é só um toque... Você ajuda muita gente, quando li senti vontade de ajudar também, de alguma forma. Se quiser perguntar alguma coisa ou manter contato, me manda um email. Já enviei um email para você contando nossa história. Podemos trocar ideias e informações...

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.