Amigos:

14 de jun de 2014

Sobre o borderline... (depoimento)





"Doença, o que é a doença? Uma gripe forte ou uma dor de cabeça ao qual você se medica e passa? O vazio não qual você não tem seu self formado e se projetamos nós outros para tentar saber o que você gosta ou não de fazer. A frustração ou abandono não qual é mais intenso. Algo quase impossível de ser entendido por pessoas “normais”. 
Automutilação, pois a dor externa é mil vezes menor do que a interna. Impulsividade e agressividade por não saber lidar com rejeição verdadeira ou fantasiosa. Afastar das pessoas antes que elas se afastem de você para que você não fique muito mal. 
Tentar começar algo na sua vida e sempre parar por se sentir uma pessoa incapaz. Mudar de humor com muita intensidade a cada minuto. E lidar com o preconceito por pessoas que não entendem sua dor interna, julga que sua vida é perfeita e você não dá valor, julgam-te louca sem ao menos ter compaixão de entender o que você tem, ou melhor, estudar o seu problema para saber lidar. Mais para que se é mais fácil se afastar. 
Cobram-te para que você tenha pensamentos positivos quando não consegue controlar seus sentimentos por serem absurdamente intensos.
Colocam matérias na internet pejorativa. 
Esquizofrenia: Às vezes não sabe diferenciar a realidade da fantasia. 
Bipolaridade: mudanças de humores da tristeza profunda a alegria extrema em um tempo grande como semanas e meses. 
Psicopata: Não tem arrependimento e não tem sentimento. 
Para estes existem remédios. 
TPB: Quase 100% emotivo, dificilmente raciocinam antes de agir, manipulador de uma forma negativa (faz para se machucar), impulsivo e agressivo (normalmente para si mesmo), se mutila para não sentir dor interna, alto índice de suicídio, pois é muito difícil conviver consigo mesmo porque não tem uma personalidade formada, se julga e se cobra constantemente. Mudança de humor a cada minuto. Parte emotiva uma criança, pois foi lá onde deveria ter formado sua personalidade que ouve a paralisação. Medicação, só o regulador de humor. Terapia para reconstruir tua vida toda desde infância para descobrir que realmente é. 
Tem gente com fome, tem gente sem casa, enfim tem muita gente sofredora e porque achar que alguém que sofre constantemente de problemas mentais não sofre igual. E deus como permite que um ser venha sem controle emocional, como pedir fé se é difícil manter a energia, o humor ou qualquer coisa deste tipo para cima se é algo instável e sem controle. Um pouco injusto né, mais como eu disse quem somos nós para julgar."


(texto que recebi no inbox da fanpage do blog no Facebook)



*****************************


Não se esqueçam: é difícil. Todo dia eu acordo e saibam, não é fácil. Mas eu levanto. E vivo. Porque mesmo sem acreditar as vezes, eu acredito.


3 comentários:

  1. Depoimento emocionante, eu sofri muito tempo com diversos transtornos mentais, hoje "só" me sobrou a depressão, e eu me cortava também quando era adolescente, sei como essa pessoa se sente, porque muita coisa escrita aí eu sentia igual. Hoje eu luto para divulgar informação para as pessoas sobre saúde mental, pois doença da mente também é doença, ninguém escolher ter isso.

    http://gotinhasesperanca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. realmente as pessoas nao entendem q assim como pessoas sofrem todos os dias peli motivo de bao ter uma casa... de nao ter o q comer e etc... Nos sofremos por uma vazio q parece nao ter fim.... Sou borderline a quatro anos e as vezes da vontade de acordar e ir a luta... e no as vezes no mesmo dia vontade de nem ter nascido.... e assim como todos os bordeline cada acredito mesmo sem acreditar... e quem sabe um dia essa dor acabe pq eh como se vc morresse um pouco mais a cada dia

    ResponderExcluir
  3. Minha filha sofre com tudo isso é não consigo ajudar,e ajudem a ajudar! Não aguento mais ver ela se boicotar.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.