Amigos:

22 de mai de 2013

Abraço.



"Se considerarmos o abraço como uma forma universal de obtenção de contacto profundo, físico e afetivo, poderemos usá-lo como um dos possíveis instrumentos de terapia. O gesto de abrir os braços é sinal universal de paz e fraternidade; ligado à sensação de ficar em contacto mais íntimo com o próximo e de estar em disponibilidade para acolhê-lo. O primeiro movimento da criança que chora é dirigir-se à mãe e levantar os braços para ser pegada ao colo e, no abraço, têm fim tanto o seu protesto como o seu desespero pela ausência ou afastamento dela. Podemos lembrar-nos também de que, abrindo os braços, sentimos uma sensação de liberação, um endireitar da coluna vertebral, a possibilidade de que a cabeça e os olhos se mantenham sustentados e sem tensões, certa expansão da respiração no ventre e no tórax. Se tudo isso vem ainda acompanhado de um contacto caloroso, muscular e epidermicamente gratificante, podemos entender porque é que esse gesto é fonte de felicidade e consegue fazer brilhar os olhos".

Jerome Liss e Meurizio Stupiggia, in: "A Terapia Biossistêmica"



"A terapia do abraço não é apenas para os solitários ou para pessoas emocionalmente machucadas. A Terapia do Abraço pode tornar mais saudável quem já é saudável, mais feliz quem já é feliz e fazer com que a pessoa mais segura dentro de nós se sinta ainda mais segura. Abraços são bons para toda a gente. Qualquer um pode ser um Terapeuta do Abraço".


Kathleen Keating in 'Terapia do Abraço'



"Devemos dar 4 abraços por dia para sobreviver, 8 para ficar bem e 12 abraços para crescer" 


Paulo Fajardo terapeuta da Escola Talendharma

- Hoje (sim, porque para mim ainda é hoje, mesmo se for depois da meia-noite, pois ainda não fui dormir) é o dia do abraço. Não havia pensado nisso. Eu que acordei tão carente, talvez estivesse inconscientemente ligada à egrégora de carinho que pairava a minha volta. 

Carinho nunca é demais. Eu, como boa border que sou, sou viciada nisso. E nem precisa ter TPB para gostar, não é? Acalma a alma. Esquenta o coração, faz com que todos os problemas pareçam distantes. Acho que por isso ainda ando mal. Sinto falta dos abraços que sempre me acompanharam. Abraços de pessoas que estavam sempre ali pra mim. Dos meus dois irmãos de coração, que têm o melhor abraço do mundo. Das amigas, que sabiam que eu precisa de um sem eu ter que dizer. Acalentada por um sentimento que hoje parece tão distante, outra vida, realidade paralela, vivi mesmo tudo aquilo ou sonhei? Sinto até vergonha de admitir que ainda sinto falta louca dos abraços de C., pois comparados aos outros, que não esvaneceram com o tempo e dificuldades, é até pecado, blasfêmia. Amor não acaba, evolui.

Não que eu diga que os abraços que eu receba hoje não sejam sinceros. São e muitos deles ainda me remetem àquela sensação de felicidade e proteção que eu um dia senti. Porém ao mesmo tempo é distante.

As pessoas hoje em dia tem medo do toque. Do carinho, do olhar, do querer bem. Em tudo se põe maldade, ou o medo de expor os sentimentos estraga momentos que podiam ficar eternizados para sempre.

Então abrace muito. Não só hoje, sempre.Você não sabe quanto tempo que terás a pessoa do lado. Não se feche, diga "eu te amo", pegue na mão, olhe nos olhos, nunca sabemos onde a vida nos levará e um dia poderás se arrepender de não ter dito ou feito o que seu coração mandava.

Esse não é um texto pensado, elaborado. É um desabafo simplesmente, com a saudade queimando em meu peito e as lágrimas, que não caem, pois a dor é tão grande que nem elas lavam. fico a pensar se a cura para o TPB não está aí: que nos abracem todos os dias e o amor que ansiamos preencherá nosso vazio.

Dedico estas palavras àqueles que estão comigo verdadeiramente nessa jornada. Sintam-se abraçados.

Essa é uma música que sempre me lembra dos meus amigos verdadeiros, principalmente os que estão longe....

You'll Be in my Heart - Phil Collins



Tradução:

Você Estará Em Meu Coração
Vamos, pare de chorar
Vai ficar tudo bem
Apenas pegue minha mão
Segure forte

Eu te protegerei
De tudo ao seu redor
Eu estarei aqui
Não chore

Para alguém tão pequena
Você parece tão forte
Meus braços te abraçarão
Manterão você segura e aquecida
Este laço entre nós
Não pode ser quebrado
Estarei aqui
Não chore

Porque você estará em meu coração
Sim, você estará em meu coração
Deste dia em diante
Agora e para sempre mais

Você estará em meu coração
Não importa o que eles dizem
Você estará aqui em meu coração, sempre

Por que eles não conseguem entender
A maneira como nos sentimos?
Eles simplesmente não confiam
Naquilo que não conseguem explicar
Eu sei que somos diferentes mas,
Fundo, dentro de nós
Não somos tão diferentes assim

E você estará em meu coração
Sim, você estará em meu coração
Deste dia em diante
Agora e para sempre mais.

Não dê ouvidos a eles
Porque, o que eles sabem?
Nós precisamos um do outro
Ter um ao outro, abraçar
Eles verão com o tempo
Eu sei

Quando o destino te chama
Você precisa ser forte
Eu posso não estar com você
Mas você terá que segurar
Eles verão com o tempo
Eu sei
Nós mostraremos a eles juntos

Porque você estará em meu coração
Acredite em mim, você estará em meu coração
Deste dia em diante
Agora e para sempre mais.

Oh, você estará em meu coração
(Você estará aqui em meu coração)
Não importa o que dizem
(Eu estarei com você)
Você estará em meu coração, sempre
(Eu estarei aqui,Sempre...)
Sempre

Eu estarei com você
Eu estarei aqui para você sempre
Sempre e sempre.
Só olhe sob seu ombro
Só olhe sob seu ombro
Só olhe sob seu ombro
Eu estarei aqui, sempre

2 comentários:

  1. Nossa amiga ficou lindo!!! Vontade de abraçar...
    o abraço não é só um gesto ele é uma necessidade!

    ResponderExcluir
  2. Sou viciado nisso também... Escrevi sobre isso agora... Num abraço, me desfaço... F#da!
    depressaodrepre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.