Amigos:

10 de mai de 2013

Músicas Borderline: Help - The Beatles



HELP - The Beatles
(Lennon/McCartney)

TRADUÇÃO:


Socorro!

Socorro! Eu preciso de alguém!
Socorro! Não qualquer pessoa
Socorro! Você sabe que eu preciso de alguém socorro!

Quando eu era jovem, muito mais jovem que hoje
Eu nunca precisei da ajuda de ninguém em nenhum sentido
E agora estes dias se foram, eu não sou uma pessoa assim tão segura
Agora eu acho que mudei de idéia e abri as portas

Ajude-me, se você puder, eu me sinto pra baixo
E eu aprecio você estar por perto
Ajude-me, coloque meus pés de volta no chão.
Você não vai, por favor, ajudar-me?

E agora minha vida mudou em muitos sentidos
Minha independência parece dissipar-se na neblina
Mas de vez em quando me sinto tão inseguro
Eu sei que preciso de você como nunca precisei antes

Ajude-me, se você puder, eu me sinto pra baixo
E eu aprecio você estar por perto
Ajude-me, coloque meus pés de volta no chão.
Você não vai, por favor, ajudar-me?

Quando eu era jovem, muito mais jovem que hoje
Eu nunca precisei da ajuda de ninguém em nenhum sentido
E agora estes dias se foram, eu não sou uma pessoa assim tão segura
Agora eu acho que mudei de idéia e abri as portas

Ajude-me, se você puder, eu me sinto pra baixo
E eu aprecio você estar por perto
Ajude-me, coloque meus pés de volta no chão.
Você não vai, por favor,por favor,ajudar-me,ajudar-me,ajudar-me,oh.

** Bem condizente com o momento.

** Marília, minha filha, onde está você? :*

10 comentários:

  1. Oi querida
    Acho que essa música tem a ver não só com o transtorno boderline, mas com vários momentos de nossas vidas.
    Espero que vc melhore, sempre!
    Bjos. e #tamo junto.

    ResponderExcluir
  2. A musica tem haver com tudo e com todos.
    O que é necessário fazer para que volte por os pés bem assentos nos chão? Tenho a certeza que a maior ajuda que pode ter, é você mesma.

    ag

    ResponderExcluir
  3. Gosto dessa música, fazia tempo que não a ouvia. Mas "hey jude" sempre me balança.

    Bjus
    Boa noite.

    ResponderExcluir
  4. Olá!Boa noite
    Eilan
    Problemas podem, à revelia de nossas vontades, nos tornar fracos apesar da força que possuímos, paralisados em caminhos que sempre pudemos trilhar. E até mesmo, e não poucas vezes, nos tornam despreparados para os momentos felizes que a vida nos pode oferecer. As "coisas" se confundem em nossas mentes e quase sempre o que podemos conhecer são apenas as projeções de nossas distorções, de nossas culpas ou de nossos temores.Mas algumas vezes, antes que possamos buscar ajuda, temos um obstáculo para superar: admitir que temos problemas...Superados ou não, balizam nossa caminhada e estimulam a busca de novos objetivos para a plena realização.
    Obrigado pela visita
    Bom domingo do dia das Mães
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Elian,

    Gosto de musicas como esta que podemos entender as letras e que as mesmas tenham significados inteligentes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sabe a coisa mais linda que alguém já me disse? Que eu me parecia com a música "Yestarday", dos Beatles. Adorei isso, de montão.

    Chama por socorro e ouve a ti mesma... Aí, só depois, outra mão poderá te amparar.

    Sigo torcendo, sempre.
    Beijo,menina.

    ResponderExcluir
  7. e desde quando meu blog é de conto???? é s´ler direto..obrigado e passe bem...

    ResponderExcluir
  8. simples: eu sei de da dedicação q cada um tem com seu blog, o trabalho que TODOS tem para manter um blog...sou educado...nunca questiono ninguém a fazer isso: "Trate de escrever o resto."....
    ainda mais , que seja conto, crônica, etccccccc...
    mas o texto pede um contexto::
    """"""""É esse passo que Amanda está querendo saber.......se fosse para terminar terminaria...simples assim...eu só não aceito palavras em meu blog..escreva o q vc quiser no seu..no meu mando eu!educadamente e gentil sempre fui...

    ResponderExcluir
  9. Olha, eu fiz uma brincadeira com você, pois achava que eu tinha a liberdade para isso. Em nenhum momento estava "mandando" você escrever nada, na verdade foi até um elogio, pois achei o assunto interessante e fiquei curiosa para saber como terminava. Eu achava que vc ia até rir.
    Em nenhum momento quis ser grosseira em hipótese alguma, prova disso é que deixarei os comentários aqui, afinal minha consciencia está tranquila.
    Ok, já entendi. Não dá pra brincar contigo.
    E espero estar sendo suficientemente educada e vc me entenda bem agora.

    ResponderExcluir
  10. vc sabe q foi brincadeira,eu poderia até entender q sim..mas,vc como blogueira, sabe que meu blog é PÚBLICO, o comentário é PÚBLICO e muitos não vão entender assim,como eu não entendi.Detesto dar explicações sobre o meu jeito de ser, meu e do meu blog.Afinal, já sou muito exposto diariamente.
    Obrigado!Fique com a sua paz que eu fico com a minha
    Fique bem..

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.