Amigos:

8 de mai de 2013

Perdas.



Hoje entreguei nosso apartamento. Ao andar por ele, ainda podia escutar meus risos, nossos risos. Podia sentir os planos, cheirar o orgulho que senti quando me mudei para lá.

Em cada parede, apesar do relativo pouco tempo em que fiquei lá, estava gravada minha confiança agora perdida. Lembrei das conversas sobre comprar uma estante, um video-game, pintar a parede... Em todo canto existia a memória de uma vida que eu tinha e perdi, ou uma vida que eu achava que tinha e agora me encontro na verdadeira. Esta areia movediça de sombras, que insiste em me puxar para baixo toda vez que eu tento sair dela.

Hoje oficialmente perdi a última coisa que me faltava. O lugar que eu morava. Eu achava que ia conseguir voltar lá, sabe, achava que eu ia conseguir. Mas eu falhei. De novo. O tempo voltou e sou aquela que pisou em Recife pela primeira vez, malas na mão, sem amigos, sem amores, com sonhos loucos e ao mesmo tempo vazios. Eu ousei sonhar de novo, mesmo que as vezes você não me acompanhasse.

O som de seu violão ainda ecoa por lá, assim como o timbre tão conhecido de sua voz. Seu fantasma ficará lá, mesmo quando todas as coisas se forem, assim como o meu. Pois tu, aquele que eu idealizava, nunca existiu. E eu, aquela que eu pensava que era eu, também não era real. Então eu e ti ficaremos eternizados como uma estória de amor trágica, em que mocinho e mocinha morrem no final.

Lá ficaram meus sonhos de crescer. De que eu podia. Que eu não falharia. Hoje, aqui, escrevendo estas letras, é só um rabisco torto daquela que um dia já fui, com máscaras disfarçando risos, palavras nubladas por uma melancolia que não morre nunca.

Resta somente eu. Não. Restam somente os pedaços. Antes eram só do coração. Hoje da alma.


* Por favor, ajudem o Ringo. Conheça a estória deste felino lutador AQUI
Quem puder divulgar, agradeço..

9 comentários:

  1. Gosta de viver das recordações que a martirizam com se fosse saudável, certamente que gosta de viver os sentimentos do passado onde valoriza os bens materiais, como se eles fossem importantes e tivessem vida.
    Penso que devia pensar que a você é mais importante que tudo, o que significa uma casa ao pé da sua vida? que significa outras coisas mais?
    Não se martirize mais valorizando o que não tem valor e desvalorizando o que tem valor.
    Viva um momento de cada vez e seja feliz.

    ag


    como a sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com quase tudo. Porém, a perda de meu apartamento é sofrida para mim pelo símbolo que ele representa,do que eu sentia, das esperanças que eu tinha,não por ser um bem material :)

      Beijo!

      Excluir
  2. Olá!Bom dia
    Eilan
    ... o tempo voltou e aquela que pisou em Recife pela primeira vez, despertou e deparou com a realidade, mas, ficou pensando no sabor de um sonho gostoso, de como foi bom sentir-se protegida e, para que não o esquecesse, gravou na memória, o belo sentir dos corpos suados e entrelaçados um no do outro, as bocas ofegantes unidas num beijo longo e gostoso...de que o passado não muda e nele estão as lembranças de ensinamentos da vivência e de experiência, e que não deve continuar vivendo dentro dos limites do que se chama de última segurança,do que já aconteceu. Que tem que concentrar no presente,agindo, perseverando e refletindo
    para não ferir a qualidade de cada momento . O futuro ...o futuro é o futuro.
    Obrigado pelo carinho de sempre
    Boa quarta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa,não sei nem o que te falar. Me emocionei com seu pequeno texto. Muito.
      Vou refletir bastante sobre ele todo,tenha certeza.

      Muito obrigada MESMO!

      Bjo

      Excluir
  3. Oi querida
    Apesar de melancólico, e triste para vc, o texto ficou muito bom! Despedidas sempre são difíceis, mas pense como um recomeço para vc, não pense que não conseguiu, eu já te disse que se ele não ficou com vc do jeito que vc é, é porque ele não te merece, de verdade. Existe alguém que vai te amar, não um príncipe, porque príncipes só existem em contos de fadas, mas alguém com defeitos, às vezes tem defeitos até demais kkkkkk, mas vai te amar do jeitinho que vc é querida.
    Adorei o novo layout!
    Bjos e #tamo junto!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa o texto é bem dramático, se é que posso dizer assim, mas muito lindo e real, quantas vezes nos mascaramos daquilo que queremos ser e perdemos a essência do que realmente somos? Mas você foi forte o suficiente para enxergar realmente quem é você e conviver com seus valores por mais dificil que tenha sido ou que é, continue sendo você é menos trágico e mais felicitante, sem mascaras sem ressentimentos.
    Deus te abençoe e fortaleça. Abraços
    http://honrandoochamado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eilan! Não se preocupe! Todos nós enfrentamos nossas dificuldades.... E aí é que está o belo da vida, pois após a noite, o sol sempre nasce, quente, forte e radiante! Obrigada pelo carinho! Abençoado final de semana! Um domingo de muita luz! Que as bênçãos de Deus-Pai iluminem nossa caminhada! Grande, fraterno e carinhoso abraço!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Eilian, tudo bom?
    Desculpe a demora em responder...é que no dia que visitei seu blog eu estava atualizando o meu rs.
    Opa não precisa ficar traumatizada com animes e mangás....mesmo que tenhap essoas mais fanáticas, posso garantir que a maioria das pessoas é bem normal e eclética. Sem falar que algumas obras são sensacionais e nos ensinam muitas coisas (eu que o diga!).
    Cosplay é algo super legal e quando vc começa a fazer não quer parar. Os meus cosplays eu nunca gastei muito, sempre peguei cosplays com base em roupas que já tinha e tal...pesquisa semre rs.
    Valeu por curtir minha coleção de perucas ^^ Bom pintar o cabelo de cores diferentes é legal mas exige muita dedicação pq dependendo da cor a tinta não é fácil de achar e sempre desbota rápido, sem falar na hidratação. O legal das perucas é que dá pra ficar tão bom que parece cabelo mesmo.
    Quanto ao seu texto, um conselho: não veja essas mudanças e desapegos como algo inteiramente negativo ou como o fim de sonhos. Mudanças são necessárias em nossa vida e se acontecem, muitas vezes é para nos renovarmos. Uma coisa acaba mas muitas outras coisas boas poderão vir.. elas só virão quando abandonamos o que já passou. O que foi agora faz parte da lembrança e do conhecimento adquirido.
    Espero poder contar com sua presença e comentários no meu blog, para irmos trocando idéias!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Eilan ficou legal o novo estilo do blog,adorei! E agora vc tem uma colaboradora neh? Que ela seja muito bem vinda!

    Como disse nosso amigo lá em cima ás vezes gostamos de relembrar coisas que passaram como se isso fosse saudável. Não sei você, mas eu pelo menos acho que faço muito isso. Tanto tempo se passou e ainda escrevo sobre o Rafa (ih olha o nome dele aee de novo rs) Mas o mais importante é seguir em frente e viver o que há de novidade, o que temos por descobrir. Desejo que vc seja muito feliz e que construa novos sonhos.

    Bjus

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito bem-vindo. Mas se você for um desocupado e quiser esculhambar, por favor faça um favor a si mesmo e poupe seu tempo e o meu, ok?

Moderei os comentários, então o que você escreveu vai ser lido por mim antes de aparecer.